音楽が社会が1でも2でも面白い!ラテンアメリカ専門誌

中南米マガジン
Português | español
音楽が社会が1でも2でも面白い!
中南米マガジン
お問い合わせ | 定期購入のご希望の方へ
カートの中を見る
バックナンバー
他の雑誌
ごあいさつ
書店のみなさまへ
広告出稿をお考えの方へ
イベントのご案内
中南米マガジングッズ
商品購入の流れ
中南米的リンク
ライターの紹介
中南米マガジン



期間限定朝顔の通信販売

キューバ、南米の弦楽器を作ります

ホームページ制作のユタデザイン


中南米マガジンの広告募集

中南米マガジン

Ranking da riqeuza dos fas de musica latina



1. Tango

Em primeiro lugar, quando pensar nos fãs de Tango, como no caso da Salsa, podemos dividir em duas categorias: os que gostam de ouvir e os que gostam de dançar. Aqui no Japão, podemos dizer que aqueles que gostam de ouvir Tango, fazem parte da elite japonesa, entre os fãs da música latina. Através das entrevistas para os fãs de Tango, conheci alguns fucionários públicos de alto escalão, administradores e diretor de uma grande empresa. Ouvindo que tal diretor da empresa, que é muito famoso e rico, é fã de tango, nossa editoria propôs-lhe entrevista, mas ele não quis participar.
Por que os fãs de tango são mais ricos? No Japão, o tango foi apresentado mais cedo que as outras músicas latinas, e na década de 50, a televisão era muita rara ainda, o tango virou moda e então muitas pessoas foram atraídas por esse genero musical. Quanto aos fãs que gostam de ouvir o tango, alguns deles são fãs da música clássica, por exemplo começam ouvindo Yo-Yo Ma e depois ouvem Piazzolla, se intressando mais pelo Tango. Agora, tudo isso leva duas tendências: cleção de disco e na compra de aparelhos de som mais sofisticadas. Geralmente os que têm condição econômica e capazes de realiza-las são adimirados pelos outros fãs. Uma vez meu amigo me falou: “Os ricos viraram os fãs do tango”.
Além disso, o tango já é uma música luxuosa (mesmo não sendo tão como música clássica). A maior parte dos instrumentistas do tango são formados nas escolas superiores musicais e os alunos geralmente são das famílias nobres. Formando assim uma atmosfera chique e inteligente.
Segundo o site do pesquisador de tango Kouji Ishikawa, no ano de 97 tinha uns 5 mil fãs de tango, o número não é tão grande mas o consumo por cada pessoa é alto.
Será que existem os fãs jovens? Como você sabe o tango sempre tem fascínio, não falta fãs. Nossa editoria tentou entrar em contato com os jovens para entrevista-los. Eles não falam ou mostram seus conhecimentos sobre tango e disseram o seguinte: “Eu não sei muito, sei apenas que tem um músico chamado Piazzolla.” “Eu não tenho amigos fanáticos pelo tango”. A situação financeira deles é normal.
Qual é o tipo de gente que ama dançar? Na maioria dos casos eles começam a dançar o tango através de aulas ou clubes de danças sociais. E não tem costume de colecionar discos, classe média, tendo muitas esposas de homens ricos ou as mulheres que trablham nos bares com rendimento bom.
Comparado com a dança de salsa, dançar o tango custa mais dinheiro. Em primeiro a aula particular custa pelo menos 10 mil ienes por mês, e depois o custo de figurino, sapatos, transporte, milonga etc. Gasta-se tempo e dinheiro.
Só quem consegue pagar tudo isso sobrevive como fã, naturalmente a média de idade dos amadores se eleva.

2. Música folclórica da América Latina

Por que a música folclórica vem em segundo lugar? Resumindo em uma palavra, muitos fãs do esse genero são formados nas escolas superiores. As universidades famosas, como as de Tokyo, Kyoto, Tsukuba, Keio, etc, geralmente tem clube da música folclórica, os membros e ex-membros ocupam maior número dos fãs. Por isso tem muitos fãs executivos que conseguem comprar instrumentos caros e à vista. Interessante é que comparado com os fãs dos outros generos, a maior parte deles compram os instrumentos como Quena e Charango, dos mais baratos como brinquedo aos mais caros. Isso é um caráter próprio deles.
Outra característica comum entre os fãs é comunismo. Quanto a essa questão, eles também concordam porque são influenciados por Víctor Jara e Violeta Parra. Além disso, quando a música folclórica estava no seu apogeu era a época da ditadura nos países da América Latina, então eles geralmente eram contra governo militar e os Estados Unidos que estava influenciando a ditadura nesta época. E as pessoas que têm interesse pela música folclórica também conhecem a hisória dos sofrimentos dos índios.
Os fãs que eu conheci através nossas entrevistas são inteligentes: eles têm conhecimentos amplos sobre música, cultura e sociedade dos países da América Latina e língua espanhola.

3. Bossa Nova

Entre as músicas latinas a bossa nova é a música mais escutada no Japão. Por exemplo, num programa de TV sobre o futebol enquanto o Ronaldinho joga se toca bossanova, e nas cafeterias. Assim mesmo as pessoas que não têm interesse pela música brasileira tem oportunidade de ouví-la, isso abre a porta para várias pessoas para ser fã dela. Mas tem os ricos que faz coleção de CD e LP e vai aos shows. Através das nossas entrevistas, conheci os fãs executivos das grandes empresas, de emissora de TV, administradores de empresas, etc.
Qual tipo de gente gosta da Bossa Nova? Em primeiro, fãs de Jazz, por exemplo que gostam de Dave Brubeck. Segundo, através das músicas chiques da Europa. Quanto ao Jazz, é o genero que tem muitos fãs entre els tem ricos também. Eles são atraídos especialmente por essa frase: “A última apresentação no Japão”, “Deus da Bossa Nova”, “Musa da Bossa Nova” etc. Eles têm tendência de aumentar sua coleção, comprando todos os discos famosos da bossa nova. Não sei se é a inflência de jazz ou não, as capas dos discos de bossa nova são mais chiques, isso também influência a coleção. Dentre esses entusiastas, existem enormes números de fãs mais normais que amam bossa nova sem razão especial, porque gostam do rítimo que lhes imagina o som das ondas etc, mas eles não compras muitos discos nem pagam para assistir shows caros.
Agora nós estamos na era de download, sera que esse serviço infulência nas compras desses fãs entusiásticos que compram LPs em vez de CDs? No caso desses fãs, geralmente as casas deles são espaçosas para colocar CD e LP, isso não impede nas compras dos discos. Além disso as pessoas que escutam LPs têm uma característica em comum: eles escutam todas as faixas sem parar, para isso têm que ter tempo suficiente para ouví-las relaxando. Só esse tipo de gente que tem rendimento alto e casa espaçosa restam como fãs da bossanova, eu acho.
A propósito, eles escutam outros generos de música brasileira? Tem pessoas que escutam sim, mas muita gente escuta só bossa nova, porque eles amam o rítmo, a melodia e a sensibilidade, e para se divertir a música brasileira inteira exige alguns conhecimentos sobre a cultura e a sociedade brasileira. Ao contrário, as pessoas que ouvem diversos generos da música braileira possuem esses conhecimentos, quer dizer os que gostam só da bossa nova não se entusiasmam muito.

4. Pop Latino dos anos passados

Fomos muitas vezes vender nossa revista e CDs nos shows do pop latino dos anos passados, lá quase sempre vendemos bem. Como você imagina a platéia é mais velha, mas alguns vêm ouvir junto com a sua família. Ao contrário, nos shows da salsa para dançar e do rock e pop vendemos muito pouco…
Nas vendas, as vezes eles fazem as perguntas que obviamente dá para imaginar que não sabem sobre a América Latina moderna, como “O Castro tá bem?”. Mas sobre a época quando a música latina ficou em moda no Japão, eles nos contam as histórias da época em que foram assistir ao show de Los Indios (banda japonesa), e que Rikidouzan (lutador japonês) levou uma facada no bar “New Latin Quarter” em Akasaka etc. Animam-se com as músicas famosas que todo o mundo sabe como Bésame mucho e Mambo no.5.
E através das entrevistas, notamos que os fãs desse genero são as pessoas mais velhas e da clásse média que escutavam essas músicas quando eram jovens. Naquela época o país nipônico era ainda muito pobre, quem podia escutar essas músicas eram eles que moravam nas cidades grandes. Tenho impressão de que tem bastante gente fã desse genero, e geralmente são pessoas boas. Eles também sabem que não tem tantos conhecimentos sobre a música latina, mas mesmo sabendo disso se divertem. Uma vez uma senhora me falou “eu não vou viver muito tempo, queria usar dinheiro para quem faz uma coisa com sentido.”

5. Música Brasileira (exceto pop moderno)

Acho que tem três tipos de fã de música brasileira: primeiro,de bossa nova, segundo, de bossa nova e música brasileira exceto pop moderno, e terceiro, de música para jovem como pop e rock moderno e funk. Ainda tem genero de música sertaneja e caipira, mas no Japão os fãs são pouco. Em nossa equipe editorial tem um homem de anos 50 que gosta desse genero, nas ele não só gosta d a música brasileira, tem amplo conhecimento sobre ela, então seria segundo tipo de fã.
A música brasileira é muito ampla, tem samba, MPB e choro etc. Entre os três grupos, acho que o segundo grupo escuta a música brasileira mais amplamente, entre eles tem fã da World Music (quem gosta da música em outras línguas exceto em inglês). E tem os que gostavam de bossa nova e depois começaram a ouvir outros generos.
Esses fãs consumem muito no mercado da música brasileira, mas ainda tem outoros tipos que consumem: os que gostavam quando eram jovens, os que gostam de figurino colorido e instrumentos de samba, e os que amam o país brasileiro e que gostam de festa.
Uma vez quando meu amigo jantou num restaurante espanhol, na mesa ao lado de um grupo de senhores que conversavam das lembranças quando trabalhavamno Brasil.
Eles se animaram quando falou sobre as músicas famosas como Garota de Ipanema e Mas que nada, .... Eles trabalham numa companhia de construção naval.

6. Música Mexicana (exceto pop moderno)

Num verão, fomos vender nossos produtos num show da música mexicana que a platéia era mais velha. Nesse dia nós vendiamos muito bem. Então perguntei ao promotor que tipo de gente tem aí na platéia. Ele me respondeu “O jornal Asahi falou do nosso show num artigo muito grande, muita gente veio devido a isto.” Então tem certa gente que vão ao show sabendo no jornal. Acho que gente que tem interesse pela América Latina e tem conhecimento sobre ela é só um pouco, mas tem muita gente que não sabe mas tem certo interesse pela América Latina e tem rendimento alto. Isso eu sinto publicando nossa revista. Quanto à música mexicana e brasileira tem bastante gente desse tipo que não sabe muito mas tem interesse e gasta muito dinheiro.
A relação entre o México e o Japão ou entre o Brasil e o Japão é muito forte. Tem muita gente que esteve lá por causa da permanência da empresa. Então podemos dizer que dois grupos de fãs: os que conhecem muito sobre o México ou Brasil , e os que não sabem muito. O segundo são as pessoas mais velhas e da classe média. Esses dois grupos são os fãs da música mexicana (exceto pop moderno).
Os entusiastas da música mexicana são da geração que escutava Trío los Panchos quando eram jovens. E outros fãs também são as pessoas de idade, eles não criticam demais, gostam do figurino e instrumento bem mexicano, se animam com as músicas famosas, por exemplo marimba, sombrero e figurino de charro, Bésame mucho etc…
Quanto ao ranking, não tem tanta diferença entre a música mexicana, brasileira e o Pop Latino dos anos passados mas no sentido de ter os fãs de que vem originalmente da bossa nova e depois a música brasileira, achei que a música brasileira é um pouco mais rica que as outras.

7. Quem ouve salsa e Jazz Latino

Escrevi também na nona coluna, a maior parte dos fãs da salsa é masculina. Eles gostam da música só para ouvir e não dançam. Ao contrário, a maior parte dos fãs que dançam salsa é feminina, elas pensam em se divertir e não gostam de demonstrar todo o seu conhecimento. Esse abismo é profundo. (Uma vez um amigo meu me contou que ele deixou do DJ da salsa porque quando ele tocou uma música do Juan Luis Guerra uma moça se aproximou e disse a ele: “Toca outra música bem salsa.” Ele ficou muito chocado.) Mas claro que entre os fãs tem os homens que gostam de ouvir e dançar e as mulheres que ouvem, dançam e tem conhecimentos sobre a salsa.
Agora escrevo aqui um pouco da história da salsa para ouvir. Depois da Revolução Cubana nos anos de 60’ em Nova Iorque, a música dos exilados, a música dos porto-riquenhos e Jazz se misturaram e nasceu a salsa. Até meados dos anos 70’ nasceram as estrelas da salsa. O nível da execução foi alto e tem muitas músicas experimentais como as letras de lutas sociais. Depois disso entrou na moda a salsa mais doce e sentimental. Agora salsa se fixou como música dançante, mas ainda tem a linha dessa época nostalfica. Os fãs dos 40 anos e dos 50 anos são mais importantes que receberam a salsa como “nova música” pela influência da Music Magazine. E tem fãs que originalmente ouviam jazz, via Latin Jazz.
Esses fãs têm entre 40 a 50 anos de idade ganham mais, têm mais estudo e cultura. Como os fãs do Jazz, eles também compram os discos para sua coleção, ou pelo motivo da atração da capa do disco etc.

8. Música Cubana (exceto pop moderno)

Tem os fãs da música cubana que gostam também da música porto-riquenha e da salsa, e tem os que só ouvem a música cubana. Essa diferença depende da experiência da permanencia, naturalmente quem ficou muito tempo na Cuba e que entende melhor o espanhol dá para se divertir com diversas músicas dos países da língua espanhola.
Quem são os fãs da música cubana? Segundo minhas entrevistas e experiências, a maior parte tem trabalho instável e é jovem, mas tem poucos fãs de idade avançada, são inteligentes em geral. Quer dizer, quem gosta de música exceto em inlês, tem cultura. Mas eles não compram muito, comparado com outros generos a música cubana e foi apresentada mais tarde para o Japão. Em primeiro as músicas do Machito e Pérez Prado foram apresentadas como “músicas famosas da América Latina”. Depois vem a geração de Guevara, de Salsa, de Buena Vista Social Club, eles são os fãs da música cubana. Entre eles tem as pessoas de idade que preferem o sabor da música cubana (elas têm uma vida economicamente estável), as pessoas da geraçao da salsa para dançar (têm oportunidade de visitar a Cuba através da escola de salsa), e tem os que gostam da sociedade cubana.
Na verdade, tem quem gosta da música cubana porque ela vem de Cuba. Conheço alguns que tem criticas sobre a sociedade cubana mas fundamentalmente a favor do país, esse tipo de gente gosta de ouvir La nueva trova como Silvio Rodriguez e até as músicas com sabor de salsa como a música cubana.
Mas eles não gostam de ouvir as músicas recentes e barulhentas como salsa dura. Muita gente evita porque ela não dá para dançar.

9. Quem dança salsa

Será que tem diferença entre a salsa para ouvir e para dançar? Não são iguais? Tem os dois gupos de fã: um que se diverte com o ritmo e a melodia e outro que aprecia o ritmo. Nos anos 70’ quando Fania apresentou as estrelas e as músicas famosas, e mais um grupo que se diverte dançando. Como já disse, a maior parte dos fãs para ouvir é masculina e para dançar é feminina.
O número dos fãs é grande, mas não formam um mercado maior porque eles não gastam muito. Eles só gostam de dançar nem pensam em comprar CDs ou assistir aos shows. Uma vez um amigo meu que trabalha em uma casa de show de salsa se lamentou “Os fãs só dançam mesmo, não gastam dinheiro para comer e beber.” Além disso não precisa comprar instrumentos nem figurinos como tango e flamenco, é difícil nascer um novo negócio.
E tem muitos que não sabem a história de salsa, os nomes de música e de músicos porque não compram CDs, livros e revistas. Se comprar, só um CD de coletânea, quase ninguém faz coleção de discos. Será que só eu que espero que tenham mais interesse pela história e as músicas? Sei que eles são mais jovens e não tem tanto dinheiro, mas... E pela minha experiência, muitos não sabem sobre outras músicas, sociedades e culturas da América Latina.
Mas o número de fã é grande, na verdade tem variação de fãs. Tem alguns que sabem muito e têm dinheiro para gastar. E tem outros que vão dançar para relaxar a procura de encontros. Quando um amigo meu foi num clube, ele viu um grupo dos homens que gastam muito dinheiro. Depois ele soube que eram o pessoal de SE (Systems Engineer), eles trabalham até a virada da noite e vieram dançar até a madrugada.

10. Música para os jovens, Pop Moderno, Rock e Hip Hop etc.

Na América Latina também existe música para os jovens como Pops, Rock e Hip Hop etc. Sem saudade nem sabor, só cantam dançando “Te amo, te amo, te amo..” “Perdi meu trabalho porra!”, assim ganaham a simpatia dos jovens. Agora a verdade é que esse tipo de música conquistou o mercado da América Latina espalhando as grandes músicas tradicionais. Com as músicas dos Estados Unidos, é o melhor genero para a representação.
Quem gostam dessas músicas aqui no Japão? Principalmente os jovens. Pela minha experiência e as entrevistas, os fãs que tem mais de 50 anos é muito pouco. Porque as músicas são muito barulhentas, algumas são até grosseiras, antes de tudo a sensiblidade é diferente. E esses jovens que gostam, geralmente tem alguma relação com a América Latina, quem já viajou pela América Latina, quem viveu lá, quem fez intercâmbio e sabe falar um pouco de espanhol ou português, quem tem amigos latinos, namorado ou namorada e colegas de trabalho etc.
Uma menina japonesa que trabalha numa fábrica, ganhou de presente um CD de Best Hits de um amigo latino. E se você vai à América Latina, não consegue escapar de ouvi-las, porque tocam sem parar em qualquer lugar. Assim podemos dizer que esse genero é da América Latina atual.
Então como será a condição econômica desses fãs? Para falar com franqueza, é dura. Para quem viajou e ficou muito tempo lá e quem fez intercâmbio na sua adolescência é difícil trabalhar como funcionário público ou executivo de empresa famosa. São jovens, não têm tanto rendimento nem poupança. E os fãs geralmente têm algum contato com os latinos, não é pouco quem se casa com latino ou latina, como o costume de casamento internacional muitos se separam... Eles sabem as atrações da América Latina, vivem a vida sem projeto.




中南米マガジン 中南米マガジン
中南米マガジン
中南米マガジン